Ter filho dá trabalho

Se você não tem filhos, não aguenta ler algumas verdades ou não é capaz de entender um ponto de vista de outra pessoa, esse texto não é para você, então pare agora.

 

Ter um filho dá trabalho, muito trabalho. E afirmo isso em meio à uma experiência com um bebê que é muito bonzinho e que não incomoda. Apesar disso, dá um cansaço enorme.

Ser mãe é uma delícia, é recompensador e somos apaixonadas por nossos bebês, mas nem sempre é maravilhoso.

Para ser mãe, é preciso ter um desprendimento enorme, e aprender a abrir mão de um monte de coisas. Acontece que se você fala algumas verdades, as pessoas te julgam, porque é muito feio admitir certas coisas. Admitir, por exemplo, que de vez em quando dá vontade de fugir e por mais que você ame seu filho, você vai sentir vontade de ter um tempo só pra você. Admitir que você tem vontades que muitas vezes não incluem um bebê.

Meu dia começa cedo e não tem hora pra acabar. Preciso fazer tudo enquanto o João Otávio dorme, e tem dias que esse período é bem curto, aí não dá tempo de fazer nada. Eu não tenho folga e meu expediente não acaba às seis da tarde. E se ele quiser mamar, às três da manhã, eu tenho que estar lá, firme e forte, mesmo querendo morar embaixo das cobertas por causa do frio.

Dar banho nem sempre é super divertido, cansa e dá dor nas costas. Amamentar é aquela lenda, e apesar de passada a fase de terror, muitas vezes dói. Músicas de ninar são chatas pra caramba. A gente se sente muito sozinha em grande parte do tempo, e de vez em quando dá vontade de conversar com alguém que vai responder com palavras e não só com um sorriso – o sorriso mais lindo do mundo, a propósito.

Mesmo amando ficar com nosso bebê, também dá saudade de sair pra jantar – outro dia vou contar a primeira vez que saímos sem nosso baby – pra dançar, beber além da conta, não ter hora pra acordar, receber convites, tudo como era antes e que a gente sabe que nunca mais será. E sair sem morrer de saudade do pequeno, nem morrer de culpa por não passar a noite com ele. Tudo uma confusão de sentimentos.

Um bebê em casa enche a vida de alegria, mas também enche de preocupação e de coisas que você não curte fazer o tempo todo, tipo trocar fraldas e lavar mamadeiras. E também priva de coisas que a gente nem percebia que era tão importante, como tomar banho e lavar o cabelo, sem precisar sair correndo do chuveiro.

Toda mulher sonha, em algum momento da vida, em ter um filho e continuo dizendo que é a coisa mais linda do mundo. Sou apaixonada pelo meu neném e não consigo imaginar como seria minha vida sem ele – toc toc toc. Mas dá um trabalho danado. Se você tem alguém que te ajude a fazer as coisas todos os dias, você talvez não entenda o que eu estou falando. Se você só vê os filhos dos outros, por meia hora e de banho tomado e roupa bonita, você tem menos ideia ainda. Nem sempre essa aventura de ser mãe é maravilhosa, nem sempre é um paraíso. Vale a pena, nossa, e como vale! Basta um sorriso ou uma nova descoberta pra gente quase esquecer de tudo. Isso, claro, se você estiver de banho tomado e sem a dor no corpo de cansaço.

Anúncios

Uma opinião sobre “Ter filho dá trabalho

  1. Jully, adorei o teu blog, tem muitas amigas que já são mães, e nenhuma delas se arrepende de ter tido o seu bebê, mas falam do trabalho e de como dá trabalho.
    Tenho muita vontade de ser mãe, mas não me sinto preparada.

    Curte muito o João Otávio.

    Beijão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s