Prepare-se

Escrevi esse texto mentalmente durante uma noite insone, e como estava decidida a não fazer um blog, mandei para minha amiga Rejane – que escreve no http://www.cheirinhodemae.wordpress.com – publicar lá.

Aí mudei ideia hoje de manhã e to publicando aqui também.

Prepare-se

Se você está pensando em engravidar em breve, permita-me um conselho

– e  acostume-se com eles, afinal todo mundo tem uma super dica para
as grávidas: prepare-se.
Prepare-se para os enjôos, seios inchados, cansaço extremo,
esgotamento físico e noites mal dormidas. Prepare-se para as mudanças
repentinas de humor, o choro fácil, a irritação por nada, o riso à
toa, a carência e a vontade de fugir pra uma ilha deserta – tudo isso
no mesmo dia.
Prepare-se para as mudanças na alimentação, para deixar de comer
coisas que ama e amar coisas antes impensáveis. Prepare-se para os
desejos estranhos e para comer as comidas mais gostosas da sua vida:
nada é mais delicioso do que aquilo que você deseja quando grávida.
Prepare-se para sentir um misto de preocupação, medo e angústia, e
por se sentir completamente responsável por alguém que você ainda nem
sabe direito como é. Prepare-se para cuidar e educar uma criança – e
para todo o peso que isso carrega.
Prepare-se para questionar seus valores, criticar outros pais e
descobrir, no minuto seguinte, que você não tem a menor idéia da
“encrenca” que está se metendo. Prepare-se para relembrar sua
infância, entender melhor as preocupações de seus pais e querer fazer
qualquer coisa para cuidar e proteger seu bebê.
Prepare-se para se emocionar. Você vai se emocionar quando ler
“positivo” no exame de gravidez, vai se emocionar no primeiro
ultrassom ao escutar um coraçãozinho muito minúsculo batendo dentro de
você. Vai se emocionar em todos os outros ultrassons sempre que vir o
quanto seu bebezinho cresce. Vai se emocionar quando souber o sexo e
decidir o nome. E em todas essas vezes, você vai chorar.
Prepare-se para ser mimada, muito mimada. Prepare-se para todos os
cuidados –  muitas vezes excessivos – de todos ao redor. Prepare-se
para se descobrir iluminada, e ser ao mesmo tempo mais paciente com as
limitações de quem você ama.
Prepare-se, sobretudo, para um amor que você antes desconhecia
completamente. Prepare-se para amar seu bebê mais do que qualquer
coisa no mundo, para amar mais o pai da criança a cada minuto, para
amar a família que está construindo. Prepare-se para um amor que não
caberá em você.
E, depois de tudo, prepare-se para descobrir, todos os dias, que você
não se preparou o suficiente.

Beijinhos e até mais.

Jully

Anúncios

Bem-vindas

demorei quatro longos meses para escrever sobre a minha gravidez. mas eu sabia que essa hora chegaria. escrever, para mim, é quase tão fundamental quanto respirar nos momentos de dúvidas e mudanças – e nesse momento em que estou gerando uma vida e sendo tomada pelos hormônios, as coisas não seriam diferentes. eu precisaria, em algum momento, escrever.
estar grávida é uma bênção, uma alegria sem fim. quase todo mundo pergunta se eu estava planejando: não, eu não estava. e aí perguntam se estava cuidando: também não. meu desejo de ser mãe estava batendo muito forte e estava ficando cada vez mais latente.

eu sabia que não ia demorar. imaginava que o dia mais feliz da minha vida seria quando descobrisse que estava grávida. não foi. eu fiquei tão nervosa, atordoada e emocionada quem nem lembro de ter ficado realmente feliz. lembro que meu corpo adormeceu e eu só pensava nas milhares de coisas que precisava fazer antes de engravidar. não demorou muito pra ficha cair e eu me dar conta do milagre que estava acontecendo – pois é, eu sou dessas que acredita que toda gravidez é um milagre.

amanhã completo quatro meses de gravidez e cada dia sinto um turbilhão de emoções: são preocupações, alegrias, medos, uma angústia sem fim, muito chororô e desconfortos sem fim, e ainda assim continua sendo um milagre. acredito que a mulher quando está grávida passa a ser mais iluminada e protegida por dois anjos da guarda. por causa disso – e dos hormônios todos – ficamos mais sensíveis, flexíveis, tolerantes com algumas coisas, impacientes com outras, passamos a enxergar as coisas um pouquinho diferente.

apesar disso, tanta mudança repentina, me deixa em alguns momentos muito atordoada. por isso criei esse blog: para compartilhar experiências e dividir minhas expectativas com outras grávida e outras mães.

espero encontrar mais mamães a bordo dessa jornada.

seja sempre muito bem-vinda.

beijos